Empresa de TI planeja dobrar número de franquias em 4 anos

A Jiva, que oferece soluções de gestão online para pequenos negócios, deve faturar R$ 15 milhões em 2014. Por Adriano Lira – 06/11/2014

A Jiva, empresa mineira especializada na venda de sistemas de gestão online para pequenas empresas, planeja mais que dobrar o número de franquias. Atualmente com 26 operações, a meta da rede é fechar o ano de 2018 com 60 unidades.

Os criadores da empresa, Fábio Túlio Felippe e Felipe Calixto Netto, são empreendedores há 25 anos. Antes de abrir a franquia, os dois comandavam a Sankhya, também focada em plataformas de gestão, mas para médias empresas. Em 2006, no entanto, Felippe e Netto resolveram vender também para os pequenos negócios. “Percebemos que o mercado das companhias de tamanho maior estava saturado. No entanto, havia uma demanda bem grande das empresas menores. Criamos a Jiva para atender a esse pessoal”, diz Felippe.

A princípio, a Jiva tinha apenas uma unidade própria, em Uberlândia, no Triângulo Mineiro. Entretanto, o sucesso do negócio foi grande, o que motivou os criadores a traçar um plano de expansão nacional por meio de franquias. Assim, segundo Felippe, seria possível crescer mais rapidamente.

As soluções desenvolvidas e vendidas pela Jiva facilitam o controle de vários processos de uma empresa, como fluxo de caixa, folha de pagamento, contas a receber, vendas, distribuição e estoque, dentre outros.

Segundo Felippe, um dos diferenciais da Jiva é não apenas oferecer ferramentas, mas orientar seus clientes a resolver problemas de gestão. Para isso, a franquia apostou em duas frentes: a primeira é um software, chamado MahaGestão, que avalia a eficiência dos processos e oferece alternativas para melhorá-los; a segunda, batizada de Universidade Jiva, é uma série de treinamentos para interessados em aprimorar a gestão de seus negócios.

Durante os três primeiros anos da Jiva no sistema de franquias, a rede conquistou 20 unidades. De 2011 para cá, no entanto, o ritmo de expansão foi bem mais lento. Desde então, foram abertas apenas seis unidades. Segundo Felippe, essa quase estagnação ocorreu porque a Jiva preferiu priorizar a qualidade das franquias e deixar a inauguração de novas operações em segundo plano.

A partir de agora, entretanto, a expectativa é retomar o crescimento no número de unidades: a meta da Jiva é chegar a 60 operações até o fim de 2018.

Os franqueados da Jiva são responsáveis apenas pela venda dos software e pelo acompanhamento da evolução dos processos, com a ajuda do MahaGestão – a instalação do sistema e o suporte telefônico aos clientes ficam sob responsabilidade da franqueadora.

O custo de uma franquia da Jiva fica em torno de R$ 81 mil. Além desse valor, a franqueadora recomenda que os empreendedores interessados tenham mais R$ 70 mil, para serem usados como capital de giro. O prazo médio de retorno do investimento é de 18 meses. Mais informações podem ser encontradas na página da rede em nosso canal de franquias.

Fonte: Portal Pequenas Empresas & Grandes Negócios
jQuery(function($){ $('.navegacaoMobile .box.visita').remove(); });

Gire seu smartphone para visualizar o site