Controle de fluxo de caixa em 3 passos. O segundo é inovador

Saber o quanto entra e o quanto sai de sua pequena empresa é uma premissa básica para a saúde do seu negócio. Afinal, o controle da relação entre receita e gastos é o verdadeiro segredo para garantir o crescimento de seu empreendimento, e ele só pode ser feito através de um controle rigoroso, preciso e detalhado sobre o fluxo de caixa.

Por isso, separamos aqui 3 passos que farão você controlar o fluxo de caixa da melhor maneira possível:

Controle a natureza dos produtos

O básico do controle de fluxo de caixa todo mundo faz: registrar os valores de gastos e de receitas da empresa. Mas, esse é um processo que pode ser facilmente melhorado para o benefício de sua gestão.
Como fazer isso? Uma das soluções é criar uma classificação quanto à origem dos produtos, por exemplo, ou outra categoria de sua escolha. Desse modo, você vai saber exatamente o que gera maior gasto para sua empresa e de onde saem as suas receitas, facilitando o controle do seu fluxo de caixa.

Controle realmente o saldo de contas

Possuir registro interno do saldo de contas é fundamental. No entanto, pequenas empresas costumam fazê-lo por meio de planilhas digitais ou impressas, o que não é um método muito seguro pois podem ocorrer erros de lançamento e perda desses documentos. A melhor maneira é registrar suas entradas e saídas de caixas com o auxílio de um sistema de gestão através do qual pode-se ter um melhor controle da informação sobre o dinheiro que entra ou sai, de forma instantânea e inegavelmente precisa.

Conheça suas despesas e preveja seus gastos

Controle de saldoUm dos principais segredos para o controle do fluxo de caixa está em conhecer bem suas despesas e receitas. Conhecendo em detalhe as entradas e saídas de seu caixa permite à você a antecipação das necessidades de sua empresa no futuro, evitando assim que você seja pego desprevenido ou desprevenida e tenha que gastar uma quantia de dinheiro que não esperava, o que pode afetar diretamente o seu caixa. Conhecendo bem seus gastos e receitas, é possível otimizar o uso do seu capital de giro, implantar um planejamento financeiro adequado para sua empresa e prevenir gastos futuros.

Com esses passos, o controle do seu fluxo de caixa será ainda mais preciso e garantirá que você não tenha surpresas desagradáveis em seu setor financeiro. Interessado em melhorar ainda mais a gestão do seu negócio? Conheça o caminho secreto do bom faturamento em pequenas empresas:
Baixar mapa visual: O caminho secreto do bom faturamento em pequenas empresas

jQuery(function($){ $('.navegacaoMobile .box.visita').remove(); });

Gire seu smartphone para visualizar o site