10 dicas para gerenciar melhor uma pequena empresa

A desaceleração da economia brasileira e consequentemente a queda nas vendas em todos os setores tem exigido cada vez mais que as pequenas empresas adotem ferramentas para melhorar a gestão do negócio, a fim de se tornarem mais lucrativas e competitivas.

A prática pode parecer simples, mas envolve uma série de fatores que precisam ser considerados e que devem estar bem consolidados para garantir ao negócio mais chances de sucesso.

Veja abaixo 10 dicas importantes para uma boa gestão da pequena empresa.

  1. Planejamento estratégico: Defina quais são os objetivos que deseja atingir e como você pode alcançá-los. Para isso, leve em consideração o mercado, os colaboradores, os fornecedores, a produção, a prestação de serviços e as vendas.
  2. Indicadores: Desenvolva indicadores que permitam acompanhar a evolução da gestão empresarial e comparar com as metas do negócio. Para ter uma visão gerencial do negócio é importante que o indicador gire em torno das principais áreas de atuação da empresa. Faça reuniões periódicas com a equipe com o objetivo de alinhar metas e avaliar medidas corretivas, quando houver necessidade.
  3. Espírito de liderança: Seja o espelho dos seus funcionários. Esteja disposto a ouvi-los, estimule a equipe a pensar de forma inovadora, deixando-a motivada e comprometida com o negócio.
  4. Capacitação profissional: Promova cursos e treinamentos que agreguem conhecimentos e aprimorem as habilidades dos colaboradores.
  5. Qualidade de vida: Adote ações que garantam o bem-estar dos seus funcionários. Quanto mais satisfeitos eles estiverem com o trabalho, mais produtivos serão e ajudarão a empresa a ampliar as oportunidades de negócio.
  6. Finanças: Projete seu fluxo de caixa e tenha um plano orçamentário para no mínimo um ano. Desta maneira você estará preparado para viabilizar a disponibilidade de materiais/serviços e cumprir com o pagamento de funcionários e eventuais despesas.
  7. Informações consolidadas: Tenha à disposição uma ferramenta de gestão que permita a análise e gestão do negócio por meio de informações organizadas, em uma única fonte de consulta e atualizadas em tempo real. Isso poupará tempo na hora de gerenciar o negócio e de tomar decisões estratégicas que estimulem o crescimento da empresa.
  8. Vendas: Essa é uma das principais áreas dentro da empresa, responsável pelo sucesso ou fracasso do negócio. Controle frequentemente a quantidade de vendas, o ticket médio de cada uma e compare com suas metas. Caso haja uma alteração muito drástica no número, investigue os motivos e desenvolva ações rápidas para reverter o cenário.
  9. Clientes: Acompanhe a gestão do seu negócio com visitas frequentes aos clientes e ouça o que eles têm a dizer.
  10. Concorrência: Faça seu trabalho da melhor forma possível, mas esteja atento às ofertas da concorrência. Isso o ajudará a inovar os processos e os serviços e contribuirá para a melhoria contínua dos negócios.

Gire seu smartphone para visualizar o site