Empreendedor, você leva seu negócio a sério?

O objetivo de todo empreendedor é ter um negócio de sucesso. Mas, logo no começo do percurso, já fica claro que esse não é um caminho fácil e que muitos obstáculos serão encontrados.

Segundo uma pesquisa recente do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), 60% das empresas fecham as portas nos primeiros cinco anos após sua abertura. O número pode parecer desanimador para quem está dando os primeiros passos com seu negócio, mas o que deve ser questionado é: o que as empresas que conseguem crescer de forma sustentável têm feito de diferente?

Conhecer e aplicar as boas práticas do mercado pode ser vital para o seu negócio começar a prosperar. Leia nosso artigo e entenda o motivo.

Para um empreendedor, o que significa levar o negócio a sério?

Uma falha comum cometida por quem está começando a empreender é conciliar o negócio com outras atividades. Isso pode acontecer por vários motivos. Às vezes, ainda não é possível que o empreendedor abandone sua antiga fonte de renda para se dedicar totalmente ao seu empreendimento. No entanto, independente do motivo, é preciso ter em mente que o seu negócio só vai prosperar quando ele for a sua prioridade.

Fazer uma empresa crescer de forma sustentável e ser lucrativa não é nada fácil. Afinal existem muitos fatores externos e internos que podem impactar o negócio.

Fatores externos

Os fatores externos, como o cenário econômico e político, a concorrência – muitas vezes desleal – e os próprios desafios do mercado não podem ser controlados por você e não adianta gastar todo o seu tempo – e muitas vezes investimento – se preocupando com eles.

Dizer que sua empresa não cresce só por causa da recessão econômica, por exemplo, é uma maneira de se esquivar da sua responsabilidade, porque os fatores internos podem – e devem – ser controlados por você.

Fatores internos

O diferencial competitivo do seu negócio se encontra nos fatores internos, que são de total responsabilidade da sua gestão.

Entre eles, estão a sua estratégia, os processos que você segue, a adoção ou não das melhores práticas do mercado, suas finanças e a sua equipe.

Como você tem poder para controlar e ajustar todas essas questões, o crescimento da sua empresa e seu potencial competitivo dependem da sua total dedicação. Ou seja, do quanto você leva o seu negócio a sério.

Se você levar seu negócio como um hobby, você terá o retorno de um hobby

Dedicar-se ao seu negócio significa investir não só na sua empresa, mas também em você e na sua equipe. Esse investimento pode ser oneroso, mas o seu retorno é surpreendente.

Invista em você

Se você quer que sua empresa cresça, você precisa se aprimorar e se autoavaliar.

Você realmente está apto para gerenciar uma empresa? Você conhece os principais conceitos da administração? Se não, você tem alguma consultoria parceira que possa compartilhar com você as melhores práticas do mercado? Você conhece bem seu segmento de atuação? Você sabe quem são seus concorrentes? Você conhece o seu cliente ideal?

Se você não tem resposta positiva para todas essas perguntas, você precisa correr atrás delas. Gerenciar uma pequena empresa é coisa séria e envolve muito conhecimento. Profissionalize-se, busque conhecer tudo o que precisa, conte com parceiros que possam te ajudar a ser um bom gestor e a tomar boas decisões para o seu negócio.

Invista em sua estrutura

Não importa o tamanho da sua empresa. Ter uma boa estrutura é imprescindível para o sucesso do seu empreendimento. Por estrutura, entende-se o espaço físico em que seu negócio está, as máquinas utilizadas pelos seus funcionários e a sua infraestrutura de tecnologia, que serve de apoio à gestão.

Não ache que, por sua empresa ser pequena, você não precisa de um ERP (Enterprise Resource Planning), por exemplo. Por menor que seja o seu negócio, é fundamental possuir um bom sistema de gestão integrada que una as informações das diversas áreas da empresa para organizar melhor o dia a dia da sua empresa, facilitar as atividades cotidianas e centralizar seus dados.

Invista na sua equipe

As pessoas é que fazem a empresa funcionar no cotidiano. Se você conta com uma equipe mediana, sua empresa terá um rendimento mediano.

De nada adianta possuir estrutura e tecnologia excelentes e conhecer as melhores práticas se a sua equipe não conhecê-las e souber aplicá-las também. Então, ter uma equipe capacitada, ciente dos conceitos de Administração e capaz de utilizar a infraestrutura de tecnologia em todo o seu potencial é muito importante.

Investindo nesses três aspectos, o crescimento é inevitável

É óbvio: ao investir nos pilares que citamos acima, o seu crescimento será garantido.

Sendo assim, fica claro que qualquer empreendedor que busca melhores resultados, precisa realizar investimentos muito assertivos. A melhor maneira de realizar esse investimento é buscando parceiros que te ofereça tudo o que você precisa: compartilhamento de melhores práticas em processos, tecnologia de ponta e capacitação de equipes.

A Jiva está há 12 anos no mercado e tem mais de 2.500 clientes dos segmentos atacado-distribuidor, varejo, indústria e serviços. Especialistas em pequenas empresas, oferecemos ERP completo, compartilhamento das melhores práticas e ainda capacitamos equipes por meio da nossa Universidade Corporativa.

Quer saber mais sobre a Jiva?

Veja o que nossos clientes falam sobre nós

Gire seu smartphone para visualizar o site