Como resolver o dilema entre cargo de confiança x gestão eficaz do negócio

12/abr/2017 - JIVA GESTÃO EMPRESARIAL

É normal que na rotina de pequenas empresas, membros da família ou pessoas próximas assumam cargos importantes dentro da gestão. No entanto, por conta dos vínculos afetivos, os cargos de confiança podem acabar por se tornar um problema quando alguma coisa na administração passa a ser executada/gerida de forma equivocada, sendo necessário então, a comunicação desses problemas aos líderes da empresa, para determinação de uma solução.

Relações pessoais não devem interferir no negócioPor exemplo, imagine em um negócio, no qual o controle de peças produzidas ou vendidas seja imprescindível para maior rentabilidade, e que o responsável pelo estoque seja irmão do dono da empresa e, após algumas verificações e inventários realizados, Identifique e corrija problemas no estoque de sua empresa conclui-se que houveram desvios e/ou furtos de mercadorias em estoque. Além da situação corresponder à um problema que compromete a evolução da empresa, essa é uma situação delicada, que pode ocasionar um clima ruim entre os membros da família e que, não pode de maneira alguma ser ignorada, já que afeta diretamente a relação entre gastos e ganhos da empresa.

A questão é que as relações pessoais não devem interferir negativamente na tomada de decisões de uma empresa. Por esse motivo, empresas com essa característica precisam de um modelo de feedback que não crie desconfortos para quem o faz, tampouco para quem o recebe. Sendo assim, é preciso garantir que o processo de feedback conte com a obtenção de dados sólidos e inquestionáveis e que não se paute apenas em “achismos” ou observações de terceiros, para evitar ao máximo a criação de uma situação negativa entre as lideranças.

A única maneira de garantir a existência de dados sólidos acerca dos processos que se dão dentro de uma pequena empresa é através da automação. Um dos benefícios de automatizar os processos através de um sistema de gestão integrado (ERP), é a garantia de informações de fontes confiáveis e a minimização de falhas oriundas de recursos humanos, além, é claro, dos muitos outros benefícios de um sistema integrado de gestão. Com a automação de processos, os próprios relatórios fornecidos pelo ERP apontam as falhas, facilitando o fornecimento de feedback e garantindo que ele não seja levado como perseguição pessoal ou bossing, deixando o clima do ambiente de trabalho mais leve.

Quer saber mais sobre automação de processos?

Baixe nosso mapa visual: Automação de Processos para Pequenas Empresas

Gire seu smartphone para visualizar o site